Vem aí mais uma jornada de champions - Portal Tudo A Ver

Novidades

Portal Tudo A Ver

O Mundo Da Mídia A Sua Vista

Post Top Ad

Publicite teu negócio aqui | +244 927562797

Post Top Ad

Publicite Aqui

17 outubro 2017

Vem aí mais uma jornada de champions

Fonte: Sapo Desporto 
Revisão: Vernon De Castro



Chegámos a mais uma jornada de Liga dos Campeões e, como não seria de esperar, ou não não fosse esta a competição mais cobiçada pelos clubes europeus, as noites de terça e quarta-feira vão estar, uma vez mais, recheadas de bom futebol.
A terceira jornada da fase de grupos promete jogos emocionantes, até porque já não falta assim tanto para decidir quem passa aos oitavos de final, pelo que todos os pontos são importantes para quem passar à próxima etapa da liga milionária.
Terça-feira, dia 17
Grupo G
Começamos, como é óbvio, pelo grupo da única equipa portuguesa a entrar em ação esta terça-feira. Depois de uma derrota na receção ao Besiktas (3-1) e um triunfo no Mónaco (3-0), o FC Porto tem agora uma deslocação difícil ao terreno do RB Leipzig, um estreante nas lides europeias. A equipa de Sérgio Conceição, atualmente no segundo lugar, atrás dos turcos, não pode perder o duelo com a formação germânica (3.º) se quiser continuar a sonhar com os oitavos de final a partir de uma posição mais confortável. No último lugar do grupo está o Mónaco, de Leonardo Jardim, que ainda não somou qualquer vitória na fase de grupos, e que esta terça-feira também não deverá ter a vida facilitada frente ao Besiktas, em casa.
Grupo H
É, possivelmente, o jogo mais palpitante deste grupo, não só pela óbvia qualidade das equipas, mas pelo facto de ambas partilharem a liderança, com seis pontos – duas vitórias em dois jogos – e a mesma diferença entre golos marcados e sofridos (5). Nesta jornada, cabe ao Real Madrid receber o Tottenham no Bernabéu, deixando antever um interessante duelo entre os goleadores Cristiano Ronaldo e Harry Kane. Ainda sem qualquer ponto estão o Dortmund e o APOEL, que medem forças no outro jogo do grupo.
Grupo F
A realizar uma temporada de excelência, o Manchester City lidera isolado o Grupo F com seis pontos e já há quem considere a formação orientada por Pep Guardiola a melhor equipa do momento. Contudo, o teste desta terça-feira, diante do Nápoles – segundo classificado com três pontos - não se adivinha nada fácil. O conjunto de Maurizio Sarri também atravessa excelente momento de forma – lidera a Serie A com oito vitórias em outros tantos encontros, um pleno que garante a liderança do Calcio com cinco pontos de vantagem sobre Juventus e Lazio. Em igualdade pontual com os italianos está o Shakhtar Donetsk, de Paulo Fonseca, que tem na visita ao Feyenoord – quarto com zero pontos - uma oportunidade de ouro para ganhar novo fôlego na luta pelos lugares cimeiros.
Grupo E
Num dos grupos mais equilibrados da Champions, o Sevilha, atualmente na liderança com quatro pontos, desloca-se ao terreno do Spartak Moscovo, que divide a segunda posição com o Liverpool, com dois. Em causa está a discussão do primeiro lugar. Mais pressionada está a equipa de Jurgen Klopp, que, depois de dois empates na Champions e de um arranque de época algo instável, precisa de fazer bem mais na visita ao Maribor, se quiser chegar aos ‘oitavos’.
Quarta-feira, dia 18
Grupo A
O Benfica chega à terceira jornada com duas derrotas averbadas – a mais pesada em Basileia, por 5-0 – e ainda nem sequer defrontou o adversário teoricamente mais difícil do grupo. O Machester United, de José Mourinho, que esta quarta-feira reencontra a equipa que orientou em 2000, lidera o Grupo A com duas vitórias em dois jogos e quer dar continuidade a este registo, a fim de garantir a passagem à próxima fase o quanto antes. Com apenas um golo marcado e sete sofridos, a equipa de Rui Vitória terá de aproveitar ao máximo o fator casa para se transcender, sendo que um empate entre CSKA e Basileia seria o cenário ideal para manter as contas do grupo mais equilibradas.
Grupo D
Depois de uma vitória em Atenas (3-2) e da derrota em Alvalade com o Barcelona (1-0), o Sporting chega a esta fase num honroso segundo lugar, em igualdade pontual com a Juventus, precisamente o adversário desta quarta-feira. Em Turim, os ‘leões’ terão de contrariar a história, sabendo que, até ao momento, nunca somaram qualquer vitória no terreno de equipas italianas (três empates e dez derrotas em 13 jogos). A equipa de Jorge Jesus tem provado estar à altura do desafio deste grupo, exemplo disso a derrota pela margem mínima com os catalães, mas terá de puxar dos galões frente a uma ‘velha senhora’ de orgulho ferido, depois da última derrota com a Lazio, para o campeonato. O Barcelona, por sua vez, poderá cimentar a liderança diante do Olympiakos, que continua ‘a seco’ nesta fase.
Grupo B
Noutro grupo em que os dois primeiros lugares parecem já estar atribuídos, pelo menos na teoria, o PSG – líder com seis pontos – desloca-se esta quarta-feira ao terreno do Anderlecht, último classificado e ainda sem qualquer golo marcado. Depois da eliminação na época passada, aos pés do Barcelona e de uma impressionante remontada, a equipa de Unai Emery aposta todas as fichas nesta edição da Liga dos Campeões e os resultados estão à vista: duas vitórias em dois jogos, oito golos apontados e zero sofridos. Na discussão pelo segundo lugar estão Bayern Munique e Celtic, que esta jornada medem forças na Allianz Arena. Ambas as equipas vêm de uma vitória e uma derrota, pelo que o equilíbrio deverá estar patente no terreno dos bávaros.
Grupo C
Com um registo muito semelhante ao do Paris Saint-Germain (tem mais um golo sofrido), o Chelsea lidera o Grupo C com seis pontos e o pleno de triunfos. Depois da surpreendente derrota com o Crystal Palace, para a Premier League, o campeão inglês tem agora novo desafio de peso, frente à Roma. A equipa italiana ocupa atualmente o segundo lugar do grupo, com quatro pontos, pelo que uma vitória em casa permitirá a subida ao comando da tabela classificativa por parte da equipa de Luciano Spaletti. No outro encontro, o Atlético de Madrid, que ainda só somou um ponto, recebe um Qarabag ainda a zeros. A equipa de Diego Simeone, que este fim de semana conseguiu travar o Barcelona na liga espanhola, procura, por sua vez, um deslize dos romanos, a fim de ‘saltar’ para a vice-liderança, isto em caso de triunfo sobre os 'azeri'.

Post Top Ad

Publicite Aqui