11 de Setembro: Factos impressionantes e imagens que não se esquecem - Portal Tudo A Ver

Novidades

Portal Tudo A Ver

O Mundo Da Mídia A Sua Vista

Post Top Ad

Publicite teu negócio aqui | +244 927562797

Post Top Ad

Publicite Aqui

12 setembro 2017

11 de Setembro: Factos impressionantes e imagens que não se esquecem


No dia 11 de setembro de 2001 sucederam-se uma série de ataques suicidas contra os Estados Unidos, quando 19 terroristas sequestraram quatro aviões comerciais e os usaram depois para colidir com o complexo World Trade Center e o Pentágono.

Os olhos do mundo ficaram completamente virados para tudo o que estava a acontecer no Estados Unidos, e várias pessoas que estavam no local ficaram durante largos minutos perplexas a olhar para as Torres.

Dezasseis anos depois, o mundo ainda tem na memória as imagens da queda das duas icónicas torres gémeas de Nova Iorque e ninguém esquece a dor e o  sofrimento transmitido em directo pelos meios de comunicação de massa.

O número total de obras de arte que foram perdidas com a queda das Torres Gémeas equivale a cerca de 100 milhões de dólares. Entre as obras que se perderam estavam quadros de Picasso e David Hockney.

Existem indícios de que a Al-Qaeda queria inicialmente atingir instalações nucleares em vez de atacar o World Trade Center e o Pentágono, mas terá desistido da ideia por temer que a situação ficasse fora de controlo.


Mais de 3 mil crianças perderam um dos pais no dia 11 de setembro de 2001 devido aos ataques e 17 bebés terão nascido de mulheres cujos maridos faleceram durante a tragédia.

O governo dos Estados Unidos terá pago aproximadamente uma média 1,8 milhões de dólares às famílias das vitimas do atentado.

Estima-se que o atentado terá feito 1.600 mortos em acidentes de viação, porque várias pessoas alteraram os planos de viagem e em vez de apanharem um avião, decidiram conduzir.

A limpeza total do World Trade Center terá sido concluída em maio de 2002.

Segundo vários estudos, o consumo de álcool em Manhattan na semana que se seguiu aos ataques aumentou 25% em relação ao mesmo período de 2000. Além disso, o consumo de tabaco aumentou 10% e a participação das pessoas em igrejas aumentou 20%.

Fonte: Notícias ao Minuto/ AF
Revisão: Vernon De Castro 

Post Top Ad

Publicite Aqui